Sobre este blog

Este nome é facilmente interpretado como 'Mundo Idiota', o que não deixa de ser, visto que atualmente vivemos em um mundo do TER e pior, do PARECER TER / SER, enquanto o que devemos valorizar é o SER. Mas o nome tem outro motivo. Uma pessoa que defende sua pátria é chamado de patriota, numa analogia a pessoa que defende o mundo seria o MUNDIOTA.
 

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Recessão: oba!!!!!!

É só ler qualquer jornal, ver qualquer canal de TV que ouvimos notícias sobre a economia, recessão mundial, desemprego, alta dos juros, aumento do valor do dólar e similares.
É um tal de bolsa de valores despencando no mundo todo, bilhões, trilhões de dólares evaporando.

E o engraçado é que eu vejo minha conta bancária, o meu dinheiro está lá. Vejo também minha carteira, e meu dinheiro está lá, vejo embaixo do colchão, e meu dinheiro está lá. Ufa!!!!!! Devo ser um cara de muita sorte, afinal, são trilhões que sumiram, e felizmente nenhum meu.

E o por que dessa ironia? Fui irônico para tentar dizer que não é possível dinheiro de verdade sumir. Se o dinheiro existe, ele continuará existindo. O que sumiu não foi dinheiro, mas sim possibilidade de dinheiro futuro, pura especulação. Alguém apostou que em x tempo haveria tanto dinheiro, então fez empréstimo da possibilidade, e isso foi ocorrendo em cascata. Até alguém chegar e dizer que a possibilidade não existe. Pronto, o maravilhoso castelo de cartas montado sobre a areia desmoronou. E um bando de ex-futuro-ricos ou ex-futuro-mais-podre-de-ricos-ainda ficam tristinhos, deprimidos, e então os poderosos do mundo se reúnem e dão as pessoas que emprestaram dinheiro de mentira dinheiro de verdade.

Acho que um dia eu vou querer ter um banco, afinal, posso fazer a besteira irresponsável que for em nome de lucros cada vez maiores, e se não der certo, alguém vem e me banca. Deve ser um negocião isso!!!!

Muitas pessoas estão perdendo dinheiro, os juros estão aumentando, o parcelamento está ficando mais caro. Engraçado, tudo isso ocorrendo e eu na mesma, continuo comprando a vista sem problema nenhum. Será que tem algo a ver com o fato que prefiro usar dinheiro que tenho, e não dinheiro de promessa?

Enquanto muitos ficam preocupados, eu sou do tipo que torço para que a recessão ocorra, que seja imensa, gigante, de arrebentar mesmo. Podem estar pensando "Carlos, mas quanta maldade no coração, como pode desejar mal para as pessoas?". Fiquem tranquilos, quando desejo isso estou desejando justamente o oposto. Explicarei.

Sei que havendo uma recessão muita coisa ruim ocorrerá, haverá muitas perdas, falências, desemprego. Mas antes dessa fase chegar, o que havia? Por acaso não havia gente perdendo, empresas entrando em falência e desemprego? Havia sim, no entanto era em doses homeopáticas, fazendo com que as pessoas não sentissem isso, e se sentissem, como era pouco elas absorviam, ou então aprendiam a encarar como normal isso, e portanto desnecessário preocupar-se com isso.

E nessa fase os bonitões da bala chita continuavam e encher seus bolsos com muito dinheiro, dinheiro esse muitas vezes fruto de especulação, e fazendo com que milhares de pessoas fiquem à margem da sociedade, sem as mínimas condições de vida. Mas estas pessoas, sofrendo pouco a cada dia, sem chance de se comunicar e sendo tratadas como poluição visual por nós nunca chamará a atenção da mídia, agora se for um engravatadinho com terno Armani e sapatos italianos, preocupado que não terá mais R$ 2 bilhões, mas 'somente' R$ 1 bilhão, então é digno de pena e matéria jornalística.

O sistema atual é um sistema que gera muita, mas muita miséria, o que gera uma sociedade altamente desequilibrada, onde os que tem cada vez mais precisam se isolar dos que não tem, construindo casas cheias de proteção. Isso é bom? Pois é essa a realidade que nossa economia atual gera.

E se torço para uma grande crise, é porque desejo que este sistema mude, mas as pessoas só se despertam para a necessidade de mudanças sérias quando grandes desgraças acontecem, enquanto elas ocorrerem cotidianamente e em pequenas doses parece um ópio, nos entorpecendo e fazendo-nos perder a noção da realidade.

É só ver um pouco a história da humanidade, povos, depois de grandes desgraças, se uniram e fizeram algo melhor, diferente do esquema anterior que terminou por destruir tudo. Ou acham que o Japão, antes de segunda guerra mundial era potência?

Que os investimentos que estejam sendo feitos não resolva, pois se resolverem, será um aval para a perpetuação deste sistema, um aval para que quem empresta promessa continue emprestando, afinal, depois sempre virá alguém com dinheiro para evitar o mal maior, sendo que para mim, o mal maior é continuar um esquema ilusório onde poucos faturam muito, e muitos ficam a margem da condição humana.

Vejam também:
    - Comprometimento

Um comentário:

Catarino disse...

Muito bom seu texto. As autoridades só pensam em salvar os especuladores. Quando uma empresa quebra, como ocorreu com muitas indústrias de calçados, o governo não faz nada.