Sobre este blog

Este nome é facilmente interpretado como 'Mundo Idiota', o que não deixa de ser, visto que atualmente vivemos em um mundo do TER e pior, do PARECER TER / SER, enquanto o que devemos valorizar é o SER. Mas o nome tem outro motivo. Uma pessoa que defende sua pátria é chamado de patriota, numa analogia a pessoa que defende o mundo seria o MUNDIOTA.
 

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Tudo depende só da gente

Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia noite.

É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje.

Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição.

Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício.

Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo.

Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso ser grato por ter nascido.

Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho.

Posso sentir tédio com o trabalho doméstico ou agradecer a Deus por ter um teto onde morar.

Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades.

Se as coisas não saíram como planejei posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar.
O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser.
E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma.

Tudo depende só de mim.

Charles Chaplin

Na minha viagem me deparei com este pensamento, de Chaplin. Achei simplesmente fantástico, e de acordo com meus pensamentos também.
Na vida, todos possuem desafios, frustrações, dores, fracassos, problemas. Ainda estou para conhecer uma pessoa que não tenha nada disso (ou pelo menos um desses itens). Então lutar para não ter isso vejo como uma luta onde só haverá desgaste, tanto físico quanto mental. E após cada batalha, a pessoa verá que perdeu.
E se teremos isso, vamos lutar como lidamos com isso. Vamos encarar com sabedoria, como oportunidade de aprendizado, como forma de nos tornarmos mais fortes perante a vida, aos seus desafios.

Lutemos sim, todos os dias, todos os momentos, mas não contra os problemas, frustrações, mas sim como nos comportamos com relação a eles. Garanto que quando fizermos isso, os problemas serão muito menores do que pintamos.

4 comentários:

Carlos disse...

Você é responavel por tudo que acontece em sua vida, sem excessão. As coisas vão seguir um caminho diferente dependendo de como você encara as situações do dia a dia.

Obrigado pelo comentário no meu blog, concordo com o seu ponto de vista.

Vou colocar um link para o seu blog nos meus favoritos.

Jhennifer Cavassola disse...

Não conheci esse texto do Charlie, ele era demais, aff. Concordo plenamente com o texto e a suas palavras. A gente vive a vida como se fosse interminável, mas ela passa tão rápida. Por isso que meu lema é: "Hoje é o primeiro dia do resto da minha vida."

:)

Seu blog é muito bom, gostei, parabéns!!
obrigada pelo comentário.

Jhennifer Cavassola disse...

A VIDA E SUAS EXIGÊNCIAS

A vida em si é muito complicada!
Na realidade estaria errada afirmando o termo acima? Sim, estaria!
A vida não é complicada; nós é que a complicamos.
Ela é cheia de humor, trajetórias, surpresas e tem suas exigências.
Na vida tudo tem seu preço, por mais puro que seja o desejo, a fantasia, o objetivo.
A realização é cara, o lucro é bem trabalhoso.
E os mistérios da vida? Não deixam de serem mistérios.
Como se não bastasse, nunca descobrimos de onde viemos, porque viemos, quem somos e pra onde iremos.
Tudo é ambíguo e temos que conviver e aceitar essa verdade.
Se analisarmos bem, veremos que somos como as formigas: frágeis, pequenas e ridículas.
Mas uma coisa é certa: somos especiais.
Temos algo precioso, que é ela, A VIDA!
Alguns não sabem valorizar a vida.
Outros sabem, mas não crêem que seja real.
E muitos morreram e não aprenderam.
Saber valorizar a vida não é um dom, como ser: médico, cantor, ator, político ou advogado.
Todos nós temos a capacidade de valorizá-la.
O que falta é sermos autores da nossa historia, reconhecermos os nossos idéias.
Vivemos num mundo injusto e que nos fazem querer retroceder.
Mas a vida ela é belíssima!
É tão fácil ser legal, amar as pessoas, aceitar do jeito que são.
Sorrie, sonhe, plante objetivos, compreenda, ame, lute, apresente-se, grite, brinque, chore, ame.
Agradeça todos os dias ao acordar por está vivo.
Lembre-se: muitos não conseguiram essa dádiva hoje.
Como já dizia Augusto Cury: “Somos uma jóia única no teatro da existência”.

(Jhennifer Cavassola)

crazyseawolf disse...

Um dia eu acordei e me olhei no espelho todo barbudo e com 27 anos e me indaguei: o que eu realizei ou fiz de bom na vida... A resposta veio direto: nada.
Hoje, não me preocupo com isso, procuro viver um dia após o outro, senão se pensar no futuro eu piro!!!