Sobre este blog

Este nome é facilmente interpretado como 'Mundo Idiota', o que não deixa de ser, visto que atualmente vivemos em um mundo do TER e pior, do PARECER TER / SER, enquanto o que devemos valorizar é o SER. Mas o nome tem outro motivo. Uma pessoa que defende sua pátria é chamado de patriota, numa analogia a pessoa que defende o mundo seria o MUNDIOTA.
 

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Lula no SUS

Recentemente nosso ex-presidente foi diagnosticado com um tipo de câncer, e prontamente já será atendido em um belo hospital da capital paulsita, como tudo de bom e do melhor.

E está rolando uma “campanha” na internet pedindo que ele se trate no SUS, e há muitos comentários rolando a respeito disso, tanto a favor quanto contra.

Fico intrigado tentando entender porque algumas pessoas não gostaram da campanha, achando-a ofensiva, desrespeitosa com relação ao estado de saúde dele e coisas do gênero.

Desde quando desejar que a pessoa responsável pela saúde deste país, que bradou a quem pudesse ouvir que a saúde do país era de primeiro mundo, que deveria ser copiado por outros países, utilize uma maravilha é algo ofensivo?

Quem, em sã consciência, deixaria de utilizar algo fantástico e de primeiro mundo? Não conheço ninguém que opte por algo pior. Ou será que o Lula pensa tanto no povo (como ele sempre disse) que optou por algo pior para deixar uma vaga livre para mais uma pessoa necessitada?

O que vejo em jornais é um sistema de saúde pública inexistente, onde pessoas levam horas para serem atendidas (isso quando estão extremamente mal e quase morrendo). As que não morrem neste momento depois precisam esperar meses para poder fazerem os exames. As que não morrem neste outro período precisam esperar anos para poder ter seus exames avaliados e então começarem efetivamente o tratamento. E tudo isso é de primeiro mundo!!!!

E nosso ex-presidente? Fez o exame e pegou o resultado provavelmente no mesmo dia, e começará o tratamento 2 dias após o diagnóstico. Incrivel a semelhança, não acham?

Lula não é bobo, sabe a *erda que é a saúde pública brasileira, e como dono de posses (sabe-se lá de que modo conquistou) escolheu o que funciona.

Sei que antes do Lula assumir a saúde pública já era caótica, mas o que ele fez para melhorar? Onde melhorou? Comprar 6 dúzias de equipamentos super-faturados não é investir na melhoria, mas na imagem que algo está sendo feito, mesmo que tenha o mesmo efeito do placebo.

Alguém que é responsável por 8 anos por algo no mínimo deveria ter feito algo que fizesse com que a população tivesse a percepção. Duvido que se a saúde estivesse começando a dar passos em direção a um caminho melhor as pessoas estariam tão intensas nesta campanha. Eu mesmo não veria problema algum nele utilizar algo notadamente melhor.

Mas para quem nada fez e tudo falou fica meio incoerente isto, e creio que seja esta incoerência que tenha gerado tamanhno alvoroço.

Desejo ao cidadão brasileiro Lula exatamente o mesmo destino dos brasileiros acometidos pelo mesmo mal, e que são atendidos pelo sistema de saúde maravilhoso por ele.

Se isso é desejar mal a ele, talvez tenha sido em função de algo que ele mesmo não fez…

3 comentários:

Bete disse...

Plenamente de acordo.
Excelente texto.
Eis a grande distancia entre falar e fazer.
Naõ me surpreende. Vc ja viu filho de poliitico estudando em escola pública??
Educação, saúde, segurança tudo funciona a contento, contanto que "eles" não precisem usar.

Eduardo Montanari disse...

Eu sou contra essa campanha, mas não porque goste do ex presidente ou porque seja moralista ou coisa assim. Eu sou contra a campanha simplesmente porque acho o ser humano em geral, um ser ridículo.
Sejam pobres ou ricos, o ser humano é soberbo e arrogante por natureza.
Se por acaso é um parente seu, um pai, mãe ou irmão que é seqüestrado, sofre um acidente grave ou é diagnosticado com câncer, rola toda uma comoção geral. Campanhas no facebook, pedidos de doação se dangue, mensagem de apoios dos amigos, tudo muito ético e moral, porque nessas horas "as pessoas devem se unir, as pessoas devem mostrar ter um bom coração com quem merece". Mas se o caso acontece com uma figura pública como o Lula, comentários do tipo "Bem feito! Tomara que ele morra logo e vá pro inferno dar o cú pro capeta!" são bem comuns.
Antes de ser o Lula, antes de ser o ex-presidente, ele é um homem falho, um ser humano passível de erros e acertos como todo mundo e merece viver tanto quanto eu ou você.
Se eu fosse rico, se eu tivesse todo o dinheiro que ele tem, eu também apenas faria tratamento médico nas melhores clínicas do país. Pra que vou no SUS se posso pagar por algo melhor?
E o pior é que todas as pessoas que criticam e julgam, também fariam o mesmo se tivessem dinheiro, afinal, você prefere levar sua mãe por exemplo, num serviço de saúde pública ou num particular caso você possa pagar.
Como disse, não estou tomando partido do ex-presidente Lula, mas sim do ser humano Lula, que merece viver como qualquer um de nós.

Arthurius Maximus disse...

Apoio completamente e escrevi algo muito parecido com o seu artigo. Lula tem o direito de se tratar como e onde quiser. Mas, o incrível mesmo, é ver idiotas que não compreendem que a campanha não é para o político "X" ou "Y" morrer; mas sim uma mostra de como a mentira do populismo é ridiculamente exposta em casos assim e como o "Salvador da Pátria" e "reinventor do Brasil" como se quer intitular Lula é um mero demagogo e um bêbado mentiroso.