Sobre este blog

Este nome é facilmente interpretado como 'Mundo Idiota', o que não deixa de ser, visto que atualmente vivemos em um mundo do TER e pior, do PARECER TER / SER, enquanto o que devemos valorizar é o SER. Mas o nome tem outro motivo. Uma pessoa que defende sua pátria é chamado de patriota, numa analogia a pessoa que defende o mundo seria o MUNDIOTA.
 

domingo, 17 de agosto de 2008

Visão olímpica

Estamos bem no meio das olimpíadas, centenas de medalhas distribuídas, muitos hinos tocados, heróis surgidos e consagrados, muito suor, dedicação.

Mas estas olimpíadas eu não tenho acompanhado com o mesmo entusiasmo dos últimos anos, não tenha acordado de madrugada os jogos, disputas, tampouco estou esperançoso por uma participação melhor do país. Sinceramente acho que em termos de medalhas ficaremos bem atrás da última. Mas não estou vendo estas olimpíadas do mesmo modo que via as outras. Não estou valorizando muito a disputa de medalhas em si, mas sim os atletas, o desempenho deles, o esforço, a dedicação.

E acho isso muito, mas muito mesmo, mais importante do que a posição final. Esta madrugada o Diego Hypólito 'perdeu' (coloquei entre aspas pois ele deixou de conquistar) a medalha de outro que já davam como certa para ele, devido a um erro no último movimento. E de ex-futuro herói virou decepção nacional. Vi a entrevista dele aos prantos pedindo desculpas ao Brasil por ter falhado. E vi comentários de pessoas que creio que sejam desocupadas, egoístas e sem o mínimo de consciência e respeito, falando mal dele, que amarelou, ou que a sexta posição que ele acabou ficando é ridícula.

Para estes 'seres evoluídos e perfeitos', lembrarei o seguinte. A ginástica é uma profissão como outra qualquer, e eu pergunto para estas pessoas se na profissão que eles estão exercendo, comparando o desempenho deles como o de todas as outras pessoas do mundo que a exercem, será que eles são o sexto melhor do mundo? Duvido. Provavelmente eles nem sejam o melhor da empresa onde trabalham. Estas pessoas se esquecem que o oitavo colocado desta competição é o oitavo melhor do MUNDO, isso mesmo, de todas as pessoas que vivem nesse planeta. Acima dele somente existem outros sete. Quantos milhões ele deixou para trás?

E aí vem estas pessoas falando mal dos atletas. Provavelmente a vida fácil que tiveram não lhes permitiram abrir os olhos e verem que para chegar lá eles abriram mão de lazer, de diversão, das gandaias - que certamente estas pessoas adoram, da família, passeios. Aprenderam a conviver com sacrifícios, pressão. Adotam a dor como membro da família, a rotina e a exaustão como companheiras.

Somente isso já os torna heróis. São poucas as pessoas que suportariam se dedicar tanto por uma causa. Provavelmente estas pessoas não se esforçariam nem para lavar um prato.

Ah, mas os outros ganham e os nossos perdem. Pergunto: e daí? Se se acha no direito de criticar, vá treinar e fazer melhor. Se não for capaz, melhor ficar calado.

Claro que fico triste por nossos atletas não terem ganho medalhas, mas isso jamais faz com que não valorize o esforço de cada um, o empenho, a vontade de representar este país, de ver a bandeira deste país no lugar mais alto. Em cada prova somente UMA pessoa no mundo ganhará o ouro, e terá seu nome registrado. Mas a história não é feita pelos primeiros colocados. A história é feita de vencedores, e estes não possuem qualquer vínculo com posição.

Deixo aqui meus parabéns e minha gratidão aos atletas brasileiros que se empenham para conseguir o SEU máximo. Diego, Daniele, Jade, Daiane, Ana Paula e Larissa, Thiago Pereira, e todos os outros.

E aos atletas que acima da premiação e dos holefotes colocam o melhor de si como prêmio.

4 comentários:

Sonia Regly disse...

Amigo,
Têm post novo, apareça por lá!!!!Sua visita é uma honra!!!!

Anônimo disse...

17/08/08 23:01am

Também não ando assistindo essa olimpíada como assistia as outras, me emocionei demais vendo o Cielo ganhar OURO nos 50 livre.... muito emocionante mesmo. Diego não ganhou mas fez por merecer estar lá, nem tudo que queremos podemos ter... O Hipismo também, por um tombo ficou fora da final, uma pena. Para as pessoas que falam mau, que façam melhor :).. Beijinhos!


Shá Manzaro...

angel disse...

Adorei sua visão olímpica. Poucas pessoas conseguem refletir sobre as coisas, principalmente numa competição onde todos querem ganhar.
Aliás, saber perder faz parte do "espírito olímpico". Infelizmente, hoje, o que vemos são pessoas que querem sempre ganhar, não aceitam derrotas. Alguns, quando podem, compram até resultados e, assim, muitos times de futebol, no Brasil, se
tornaram "campeões". (Grande feito!!!)
Penso como você. Campeão é aquele que sabe que fez o melhor que podia, que suou tudo o que devia...
Medalhas são boas, mas é também uma honra e uma glória ser o melhor do seu país. E olha que ser o melhor de um país do tamanho do Brasil é já um feito extraordinário. Aplausos para nossos atletas e para você, que é um grande atleta, pois sabe jogar muito bem com as palavras.
Parabéns, campeão!

Polêmica disse...

Todos os tipos de pessoas já falaram mal dos atletas mas, a maioria delas são adolescentes. Certos adolescentes (nem todos) me irritam porque eles não sabem nada da vida, não trabalham, só enchem a cara de cerveja e ficam na internet. Jamais aprenderam que sem competição, não há vitoria. O mais importante sim, é a competição, se perdeu ou se ganhou, cada um vai ter seu dia. O que devemos sentir orgulho de ver, são atletas, adultos e adolescentes praticando esportes e lutando, lutando, lutando, em vez de estarem perambolando pelo mundo sem ter o que fazer e se influenciando por drogas e coisas banais! Cada atleta que vai para a olimpiada é um orgulho pois, está dando um bom exemplo! Bem lembrado o que você falou, a rotina deles é muito dura e eles abrem mão do lazer para treinar e não merecem ser esculaxados pela gente!

Beijão!