Sobre este blog

Este nome é facilmente interpretado como 'Mundo Idiota', o que não deixa de ser, visto que atualmente vivemos em um mundo do TER e pior, do PARECER TER / SER, enquanto o que devemos valorizar é o SER. Mas o nome tem outro motivo. Uma pessoa que defende sua pátria é chamado de patriota, numa analogia a pessoa que defende o mundo seria o MUNDIOTA.
 

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Da série "Das coisas que não entendo"

Enfim, mais um dia de eleição. E como de praxe, assim que o representante máximo do poder executivo deste país - presidente - vai votar, pára a programação e mostra o momento. Bom, eu preferia muito mais continuar vendo o futsal, mas a TV prefere isso, então tá.

Mas não é isso que não entendo. Tem algumas ações no voto do presidente Lula que acho no mínimo estranhas. Primeiro, ele mora em Brasília - embora muitos achem que nem no Brasil ele more devido ao tempo que passa viajando - e vota em São Bernardo do Campo. Oras, o voto é algo para melhorar a nossa cidade, e quando digo nossa, é a cidade onde vivemos, e certamente conhecemos melhor os problemas. Acho estranho então isso, uma pessoa que mora há muitos quilômetros votar lá. Acho que a pobre Lavínia não conseguiu passar essa idéia para ele.
Outra coisa, para chegar até SBC ele foi de avião. Até aí tudo normal, mas em qual avião ele foi? Foi num vôo normal, pago por ele?. Claro que não né Carlos, ele pegou o avião presidencial, e ainda levou a mulher junto. Opa, péra aí. O dever (e não direito) de votar é do cidadão, e não do presidente, não é?
Segundo a CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988,
Art. 5.º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza.
Pois bem, se todos são iguais, por que o cidadão tem à sua disposição um avião, seguranças e toda uma parafernália? Por que eu, um cidadão igual a ele tenho que pagar meu deslocamento até a zona eleitoral, e ele tem um avião cheio dos conforto para o mesmo ato? Que desrespeito à constituição!!!!!

Aqui consigo ver pessoas dizendo "Carlos, mas ele é o presidente do Brasil, e em todo o mundo isso acontece". Sei disso, mas pergunto "E daí? Só porque muitos países fazem isso não quer dizer que passou a ser certo, somente que passou a ser maioria". E ao presidente cabe muito mais dar exemplo. E para piorar, além disso tudo, ele nem enfrenta fila. A sala fica um bom tempo disponível somente para ele, assim ele vota sem os transtornos dos outros cidadãos, tão iguais a ele segundo a constituição. Como é que uma pessoa pode governar, se não enfrenta os mesmos problemas dos que governa, e quando possui a chance, burla e tem um mundo fantasioso criado?

Eis um imenso exemplo do desrespeito a Carta Magna. Se nem o mais ilustre representante deste país a respeita, como conseguirá exigir isso dos outros?

4 comentários:

GUILHERME PIÃO disse...

Meu amigo...
Primeiro, o presidente não sabe de nada ainda mais sobre a Carta Magna;
Segundo, Brasilia é uma cidade dormitório e como disse: ele não vive lá...aliás vive dentro do avião (viajando);
Terceiro, para melhorar isto aqui só acabando com tudo e começar do zero...então já viu né...tamo lascado.
Abraços

Amigao disse...

Amigão
Estou aqui conhecendo seu cantinho, aliás coisa que já deveria ter feito há muito tempo.
A Agda me indicou o caminho mas demorei muito pra aparecer, espero que me perdoe por isto.

Olha, se eu não me engano, o presidente pode votar em qualquer lugar mesmo que o seu domicilio eleitoral seja em S.Bernardo.Como ele além de votar estava fazendo campanha pro Luis Marinho (é isso?), aproveitou pra fazer as duas coisas ao mesmo tempo.

Abração do amigão.
To te lincando lá na turminha do amigão.

Sonia Regly disse...

Amigo Carlos,
Precisei atualizar o feeds do Compartilhando as Letras.Aqui vai o novo endereço para vc atualizar também:
http://evelyns-place.com/compartilhandoasletras/

crazyseawolf disse...

Carlos, você já viu o avião do Presidente Bush ( ou de qualquer outro presidente norte-americano)? O do nosso presidente parece carroça de boi se fizermos uma comparação.
Acho que existem outros problemas bem maiores do que isso. Para que esse monte de partidos sem nenhuma ideologia por trás? E o troca troca entre os partidos? A mudança da política brasileira começa com a mudança da legislação partidária. Sem isso, a coisa não vai mudar.