Sobre este blog

Este nome é facilmente interpretado como 'Mundo Idiota', o que não deixa de ser, visto que atualmente vivemos em um mundo do TER e pior, do PARECER TER / SER, enquanto o que devemos valorizar é o SER. Mas o nome tem outro motivo. Uma pessoa que defende sua pátria é chamado de patriota, numa analogia a pessoa que defende o mundo seria o MUNDIOTA.
 

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Serviço público

Nós, cidadãos brasileiros, adoramos reclamar do alto valor pago em impostos, que neste país nos obriga a trabalhar uns quatro meses, ou seja, 1/3 de todo o ano somente para isso. É, sem dúvida, uma taxa altíssima que pagamos.

E para que servem os impostos? O imposto é uma forma de promover uma melhor distribuição de renda e de proporcionar aos menos afortunados as condições necessárias para que possam ter uma vida digna. Através dos impostos é que o governo conseguirá dinheiro para investir no que é necessário para a população, para que ela viva melhor. É com este dinheiro que se dará educação, saúde, transporte, segurança à população. Outros países pagam muitos impostos também, como o Canadá, a Suíça, a Suécia, Dinamarca, etc.


Os que conhecem um pouco destes países sabem que há uma imensa diferença entre o serviço prestado pelos governos daqueles países com relação aos serviços (?!?) prestados por nosso ‘querido’ país. E o que de mais interessante não é nem esta diferença brutal, mas como nossos políticos agem quando questionados sobre a situação do serviço público brasileiro.


É só perguntar para um prefeito, vereador, governador, presidente e eles sempre falarão que o que está sendo mostrado na TV ou no jornal é um caso isolado, que a saúde não está tão ruim assim, que a educação nunca esteve tão bem, com tantos investimentos, com tantos professores qualificados. Que o transporte público está muito bom, etc. Eu infelizmente nunca ouvi um dizer “Realmente isso está uma $&*%^&$&, precisamos trabalhar forte para resolver o problema”. Espero viver o suficiente para ouvir isso ao menos uma vez.

E estes mesmos políticos, que nunca aceitam que a segurança, saúde, educação e transportes públicos estão com uma qualidade péssima, por acaso utilizam os serviços públicos? Ou andam com carros luxuosos e blindados, com seguranças, colocam filhos em escolas e universidades particulares, com excelentes planos de saúde?

Bingo, acertamos no alvo. Nenhum político utiliza os serviços públicos que eles mesmos são responsáveis, somente porque eles possuem condições de terem serviços melhores. E convenhamos, é muito fácil qualquer coisa ser melhor que os serviços públicos. Vejo isso como um fabricante que não se preocupa com a qualidade dos seus produtos, e utiliza os do concorrente por serem melhores. Ele só tem a empresa para conseguir dinheiro. Não a tem para realizar um projeto de vida, para melhorar a vida dos outros.

E como solucionarmos isso?

Alguns podem dizer para boicotarmos os impostos, assim nos sobraria mais dinheiro e menos dinheiro para eles desviarem. Pode até ser, mas resolver um problema criando outro não me parece uma idéia inteligente, tampouco ética.

Então podemos fazer leis para prender quem desvia o dinheiro. O que precisamos é retirar as leis que impedem que estas pessoas parem na cadeia.

Proponho o seguinte: todo funcionário público deveria utilizar somente o serviço público durante a duração do seu cargo. Ele e sua família direta. Ou seja, escola, transporte, saúde, segurança, tudo isso só poderia ser utilizado por meio do serviço público. E para eles isso não será problema nenhum, já que para eles está tudo bom.

Com esta simples proposta em execução, creio que em pouquíssimos anos teríamos grande parte dos problemas deste país resolvidos, assim como também teríamos pessoas nos cargos públicos realmente comprometidas com o público, e não com o privado, como atualmente.

E então, o que acham da proposta?


2 comentários:

GUILHERME PIÃO disse...

Verdade, bela proposta.
Mas sera que eles vão aceitar ? Acho que não, só ver os imóveis abandonados e/ou "desviados" a que eles tem direito e não utilizam.
E para mudar a lei é dificil, pois quem faz as leis são êles.
Não tem jeito, acho que o negócio é fechar e mandar ou prender todos e começar do zero....coisa quase impossivel de acontecer...
Continue assim, estou me tornando um leitor assiduo.
Abraços

Natalia disse...

excelente post,excelente ideia, muito interessante, etico e coerente. e agora voce já sabe que o senador cristovao buarque pensa como voce.