Sobre este blog

Este nome é facilmente interpretado como 'Mundo Idiota', o que não deixa de ser, visto que atualmente vivemos em um mundo do TER e pior, do PARECER TER / SER, enquanto o que devemos valorizar é o SER. Mas o nome tem outro motivo. Uma pessoa que defende sua pátria é chamado de patriota, numa analogia a pessoa que defende o mundo seria o MUNDIOTA.
 

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

inJustiça

Não posso ficar mudo ao ler tal notícia. Souza Cruz é condenada a pagar R$ 490 mil a família de fumante.
O artigo relata o caso de uma família que ganhou um processo contra a Souza Cruz, pois um membro da família morreu decorrente de doença adquirida devida a fumar por mais de 40 anos.
E é por esta decisão que dei este título ao artigo. Não consigo aceitar que algo criado para promover justiça tome tal decisão. As alegações vocês podem ver no texto original, mas não consigo aceitar que alguma pessoa fume alegando que não sabia dos malefícios. E mesmo que ela por acaso não soubesse certamente alguém da família sabe, e pode avisar. E nunca vi nenhuma empresa tabagista colocar pessoas apontando armas para a cabeça obrigando a fumar. A decisão de começar a fumar é meramente do fumante.
Mas Carlos, o cigarro possui elementos que viciam, e isso dificulta qualquer decisão de parar de fumar, muitas vezes muitos não conseguem parar por causa do vício. Eu sei disso, mas a questão então é quem deve pagar esta multa? A empresa paga seus impostos – que no caso dos cigarros são altíssimos – ao governo, tudo dentro da lei. Ou seja, a empresa está sendo correta e fazendo o que o governo exige. Mas o que a empresa vende faz mal, prejudica as pessoas. Sei disso também, e o governo também sabe, e ele tem como proibir isso ou não, e ao invés de proibir isso prefere ganhar dinheiro em cima disso. Então por que não obrigar o governo a pagar a indenização, já que no mínimo seria feita justiça com relação ao responsável pela possibilidade das pessoas fumarem.
Somente para não haver dúvidas, não estou defendendo a empresa tagabista, tampouco o cigarro, somente quero expor meu sentimento com relação à decisão da justiça.

Enquanto nossa Justiça continuar promovendo decisões de tal nível teremos pessoas cada vez mais isentas de responsabilidade sobre seus atos, suas decisões. Afinal, se eu tomar uma decisão que não é boa, basta entrar na justiça e procurar outro culpado pela minha decisão.

Entristeço-me ao ver notícias desta linha. Quem sabe um dia nossa sociedade não evolua e com o tempo não comece a produzir notícias como “Justiça obriga fumante a andar com a placa ‘Tomei a decisão errada, e por isso fiquei doente’”.