Sobre este blog

Este nome é facilmente interpretado como 'Mundo Idiota', o que não deixa de ser, visto que atualmente vivemos em um mundo do TER e pior, do PARECER TER / SER, enquanto o que devemos valorizar é o SER. Mas o nome tem outro motivo. Uma pessoa que defende sua pátria é chamado de patriota, numa analogia a pessoa que defende o mundo seria o MUNDIOTA.
 

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Confiança

Nestes dias ocorreu algo comigo que infelizmente está ficando cada vez mais raro. Este fim de semana tive problema com meu carro, e foi necessário chamar mecânico, guincho, enfim, as pessoas necessárias para sanar o problema. No entanto eu tinha um problema maior, que era a falta de dinheiro em espécie ou cheque para poder pagar pelos serviços, e no momento em que tive o problema nem tinha como providenciar o dinheiro.
O mecânico que veio ver meu carro me indicou um serviço de guincho, e quando lhe expliquei que não tinha dinheiro em espécie ele disse que pagaria para mim, e que quando eu fosse pegar o carro acertaria com ele. O carro ficou pronto no outro dia, e ainda não havia passado em um caixa eletrônico para pegar o dinheiro. Perguntei para ele se eu não poderia passar no outro dia pela manhã para acertar. Ele disse que não teria problema, e assim o fiz. Fui logo pela manhã e acertei com ele, agradecendo-o pela confiança que depositou em mim a ponto de pagar um serviço de terceiro para mim e também de deixar eu levar o carro embora sem nenhuma garantia.
Perguntei a ele porque havia feito isso, e ele me disse que é porque eu passava a ele confiança. Não consigo expressar as minhas atitudes que deram esta impressão a ele.

Por que citei este caso? Pelo motivo que hoje em dia confiança é algo que infelizmente está rareando. Andamos na rua desconfiado de tudo e de todos, dependendo da caracterização da pessoa em algumas situações até mudamos de calçada, de rumo, entramos em lojas. Omitimos muitos fatos de nossa vida das outras pessoas porque desconfiamos que elas possam utilizar estas informações contra nós, assinamos uma infinidade de documentos quando entramos em uma empresa pois há desconfiança sobre uso indevido dos recursos e das informações, para qualquer acordo é necessário contrato, com assinatura reconhecida.
Quantos atualmente se socializam com seus vizinhos, os conhecem, trocam informações? Claro que o mundo infelizmente não está fácil, há muitas pessoas querendo enganar, usar as informações contra nós, nos explorar, e ignorar isso não é nada inteligente. Porém achar que todas as pessoas são assim, e então tratá-las com desconfiança não melhora nada, pior, somente torna as pessoas mais frias, solitárias, receosas, presas em seu próprio mundo, onde tudo o que importa é ela mesma. E quanto mais segura a pessoa, menos insegura o mundo. Vivemos em numa sociedade, e assim como nós precisamos de segurança, precisamos que a sociedade também precise estar em segurança, e um destes fatores é a confiança.

Dar crédito à alguém não é idiotice, mas respeito. É preciso entender que uma pessoa desonesta e não confiável não nos dá o direito de desconfiar de todas as outras. É preciso começar um círculo virtuoso, como se diz, onde uma confiança creditada a você gere uma confiança depositada por você em outra pessoa.

Novamente é o trabalho de formiguinha. Se cada um fizer um pouco, aos poucos começará a ter muita confiança, tornando as pessoas mais felizes, abertas, dispostas. E creio que motivando alguns que naturalmente são desconfiados, mostrando-lhes os benefícios da confiança.

No exemplo do meu mecânico, o que a confiança dele gerou de benefício? Digamos que qualquer problema que meu carro venha a ter novamente eu o procurarei em primeiro lugar, também o recomendarei para amigos meus que peçam referência. E ele não gastou um centavo a mais para isso, mas teve uma atitude extremamente positiva.

2 comentários:

Ana Paula disse...

Sempre apareço por aqui, leio os textos, mas não tenho deixado comentários.
Você está mais do que de parabéns pelos seus pensamentos traduzidos em palavras.
Continue escrevendo, sempre que puder. Vamos fazer a diferença.
E confiar é preciso sim, o mundo precisa dessa nossa confiança.
Beijos

Angela disse...

Sou leitora assídua daquilo que escreve e mais que concordar admiro sua capacidade de expor de maneira tão simples e clara a sua visão de mundo.
Que um dia consigamos construir esse mundo, que um dia consigamos sermos todos mundiotas!
Fico especialmente feliz por saber ser você uma pessoa tão especial e que agora resolveu compartilhar conosco um pouquinho dessas suas reflexões, análises, conclusões...
Obrigada pelas belas "aulas". Tomara que muitos possam ler e parar para pensar em suas mensagens.
Saiba que espero ansiosa cada novo texto seu e que sempre uma lágrima de satisfação e orgulho escorre pela minha face. Obrigada por existir! Obrigada por ser um homem tão íntegro e honesto! obrigada por ser esse filho maravilhoso!
Beijos
Angela